quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Tempestade

Que noite!
Que susto!

Duas horas de reunião familiar no quarto dos pais, entre as 4h e as 6h....
Foi-se o portão, algumas árvores, a casota do cão, outro portão pequeno, algumas telhas..!

Vou agora para Lisboa, acompanhar o mano a um exame médico... para ele não ir sozinho! (Apetecia era ficar em casa..)

12 comentários:

Alexandre disse...

Foi realmente horrível, Ritinha. :(
Beijinhos!

Rainbow disse...

Espero que passe Ritinha!
Beijo

Anônimo disse...

Ola Ana

Os tempos que estamos agr a viver estao a pedir que todas estas catastrofes acontecam. Desde termores de terra a tempestades. As pessoas conseguiram estragar de tal maneira tudo, que agr o Tudo se ta a "vingar". Ele nao esta contente. O mundo anda mal, com novas MÁS leis a serem aplicadas, com tudo virado de pernas para o ar e nada como Ele gostaria que fosse o nosso mundo. Ha quem diga que em 21/12/2012 vai acontecer uma grande tragedia. Eu nao acredito em datas nem no que esta previsto. Mas acredito que se por alguma razao acontecer alguma coisa, nao vai ser em 2012, mas ja comecou.

As melhoras para o teu irmao!

Fica bem Rita

Marco Jacinto disse...

Sim que susto, por momentos pensei, vou acordar a ver as estrelas no céu..........Felizmente já passou...

**Diana =) disse...

a quem o dizes... eu tou sem luz em casa
[tenho alguma bateria no pc]

Ritinh@ disse...

Alexandre..!
podia ter sido bem pior!
Estamos todos bem :-)

Saudades tuas..

Ritinh@ disse...

Querida Rainbow!
Já passou... agora com tempo recuperam-se os poucos estragos!
Há famílias que estão em condições muito piores.. mas vão recuperar!

Beijinho*

Ritinh@ disse...

Olá Anónimo :)

Muito do conceito de um Deus castigador está nas nossas consciências. Um Deus amor não pode ter ideias de vingança ou de ajuste de contas.
Nós, como Adão, é que nos sentimos nus na Sua presença e remoendo-nos em consciência, afastamo-nos de livre vontade. O inferno é esse nosso permanente afastamento da Sua presença.
Mas continuaremos sempre a escutar a Sua chamada: Porque te escondes?
Tal como nesta "tempestade"...

Não adianta jogar ao esconde esconde com Deus... Ele está sempre lá, em cima do acontecimento. Não para nos apanhar... em flagrante, mas para nos pegar ao colo depois do tropeço. Nós é que somos teimosos e não queremos que ele nos veja... pensando-nos auto-suficientes, coitados!... mas não adianta nada taparmo-nos bem tapados... estamos sempre nus diante dEle, que tudo vê! É como querer "tapar o sol com uma peneira"... A Luz acaba sempre por iluminar a escuridão!
O escutar a Sua chamada, o Seu apelo, a Sua constante e insistente interpelação é a consciência da nossa nudez. Feliz de quem se reconhece nu! Porque há quem não o reconheça... e que pense que está a salvo debaixo de sumptuosas vestes...

Muitas vezes ouvimos e perguntamos: "Onde estás Senhor?" Mas a pergunta deverá ser antes: "Mas onde é que Tu não estás?"

Ele deixa-se ver em tudo e em todos. Ele É e Está em cada um e cada coisa, mais pequenina, mais simples, frágil... e torna-se visível aos nossos olhos e perceptível aos n/sentidos, a quem tem olhos de ver e a que O procura deixa-Se encontrar.

Beijos em Cristo que nos chama sempre!

Ritinh@ disse...

Olá Anónimo :)

Muito do conceito de um Deus castigador está nas nossas consciências. Um Deus amor não pode ter ideias de vingança ou de ajuste de contas.
Nós, como Adão, é que nos sentimos nus na Sua presença e remoendo-nos em consciência, afastamo-nos de livre vontade. O inferno é esse nosso permanente afastamento da Sua presença.
Mas continuaremos sempre a escutar a Sua chamada: Porque te escondes?
Tal como nesta "tempestade"...

Não adianta jogar ao esconde esconde com Deus... Ele está sempre lá, em cima do acontecimento. Não para nos apanhar... em flagrante, mas para nos pegar ao colo depois do tropeço. Nós é que somos teimosos e não queremos que ele nos veja... pensando-nos auto-suficientes, coitados!... mas não adianta nada taparmo-nos bem tapados... estamos sempre nus diante dEle, que tudo vê! É como querer "tapar o sol com uma peneira"... A Luz acaba sempre por iluminar a escuridão!
O escutar a Sua chamada, o Seu apelo, a Sua constante e insistente interpelação é a consciência da nossa nudez. Feliz de quem se reconhece nu! Porque há quem não o reconheça... e que pense que está a salvo debaixo de sumptuosas vestes...

Muitas vezes ouvimos e perguntamos: "Onde estás Senhor?" Mas a pergunta deverá ser antes: "Mas onde é que Tu não estás?"

Ele deixa-se ver em tudo e em todos. Ele É e Está em cada um e cada coisa, mais pequenina, mais simples, frágil... e torna-se visível aos nossos olhos e perceptível aos n/sentidos, a quem tem olhos de ver e a que O procura deixa-Se encontrar.

Beijos em Cristo que nos chama sempre!
Tua amiga ana Rita

Ritinh@ disse...

Olá Marco!
Sim, felizmente acabou em bem! :)
Precisava de falar contigo...

Beijinho!

*Mariana* disse...

O que ficou mal não fou só o parque de campismo aqui em Santa Cruz!!!! Se puderes vai ver o meu blog. Tenho lá imagens (tiradas por mim) assustadoras!!!!!
Os bicos foram-se e uma data de montras também!!!
Só mais uma coisa: se tu na tua casa que é mais nova do que a minha em Santa e tu tiveste medo, imagina a minha casa com janelas de madira e puchadores barulhentos!!! Aquilo sim era aterrador!!!!

Beijos!!

Ritinh@ disse...

Oi Mariana!!!

Sim, ontem fui com a família passear até Santa Cruz e vi todos os desastres.. o que mais me chocou foi o pinhal dos Casalinhos e o parque de Campismo!

Tmbém já vi as fotos do teu blog.. que boa reportagem fotográfica!

Sim, a minha casa é nova mas está num sítio muito ventoso!

Não sei se vai dar para ir aí lanchar hoje...
Beijinho*