sábado, 22 de março de 2008

Saudade*

Tenho saudades...
Tantas que já nem sei ao certo do que sinto falta!

Flutuo na saudade infinita. Tenho saudades do mundo. Do tempo e da gente. Do riso e do choro. Das histórias. Das tardes. Tenho saudades do sol e da relva. De quando olhava mas não via. Tenho saudades de quando tudo era diferente. Saudades de pessoas que estao longe..muito longe! Talvez na outra parte do globo. Pessoas com quem passei uma infancia tao bela!
Amo viver aqui neste pedacinho de mim, perdida entre sorrisos... Entre o que foi e o que há-de ser.


Mas falta sempre algo e é nestes momentos que a nostalgia ataca e eu fico pequenina a pairar sobre as recordações que se misturam com as esperanças.

Porque tenho muitas saudades... Larguei a mao a coisas que me fazem falta!

4 comentários:

Sofia disse...

nao..tu nao largas.te.. os verdadeiros apertos de mao sao aqueles que por mais tempo que nao se dêem têm sempre a mesma intensidade quando se reencontram...
nao te esqueças,
nao importa o tempo que uma amizade tem...mas sim
a intensidade com que é vivida.. : )
**@

Anônimo disse...

Quando vi o titulo “saudade” tive logo necessidade de ler e escrever um comentario… porque nestes ultimos dias tenho vivido muito a saudade e… Estava aqui a escrever, e a escrever sem parar! Mas reparei que o que já não estava a escrever para ti, mas para mim propria… a recordar uma coisa especial que tive no passado e que já não tenho no presente e nem vou ter no futuro! Infelizmiente!!! Algo pela qual tenho muitas saudades…
Mas enfim, so te queria dizer que li todos os textos, e sinceramente escreves mesmo muito bem, escreves com sentimento… e isso nota-se! São textos realmente muito bons! Tambem te queria dizer que vou passar a vir mais a vezes ao teu blog, porque vou confessar que desde a primeira vez que aqui vim e li os textos, que tive uma vontade tao grande de escrever textos so para mim, para libertar os meus sentimentos e pensamentos para uma folha de papel em branco, ou mesmo uma pagina do Word!! Porque faz-me sentir mais leve como uma folha que flutua na água…
E mais uma coisa, a saudade normalmente revela o sentimento de tristeza porque se sente saudades de algo… mas se for-mos a ver bem, se temos saudades de algo é porque tivemos a oportunidade de ter algo especial no passado, na qual adoravamos muito! Mas agora temos coisas que não damos o devido valor e quando vamos a ver, perdemo-as e so ai damos o devido valor! E vemos que essa coisa era especial… muito especial por vezes!!! E’ triste, mas é a realidade de hoje em dia!!
Continua porque eu quero ler mais textos feitos por ti!! ;-)
Beijinhoss da PatriciaR.

Adriana disse...

Oh.. Eu também tenho saudades... Não sei de quê, mas tenho...
Principalmente nos dias de chuva.. fico assim... nem sei descrever!
Enfim... acho que, no fundo, as saudades são dos bons momentos.. mas, porque a vida não podem ser só bons momentos, se não não tinha grça nenhuma, aqui andamos nós, umas vezes mais feliz, outras menos contentes..

Fica bem =P

Anônimo disse...

Faço minhas as palavras do "anónimo" tu escreves realmente bem...
Sabes este último mês tenho aprendido o que são as saudades e tenho convivido muito com elas...infelizmente...quando li este texto percebi ainda melhor o que são as saudades...
Neste mês que tem passado tenho sentido muitas saudades por isso isolei-me muito do mundo à minha volta, criei uma "protecção" em que as pessoas só me veêm feliz mas na verdade neste mês senti-me verdadeiro pó, demonstrei algo que eu não sou...
Obrigado por me teres demonstrado outros rumos que a vida nos dá...nós dizemos que a vida é complicada, mas tu demostras-te que nós é que a fazemos complicada, devemos aproveitar cada pedacinho que ela nos dá...
muitos beijinhos :)adorei catarina