domingo, 29 de novembro de 2009

"Não te prendas"

E que fiz eu senão dar-me? E que fiz eu senão partir? E que fiz eu senão renascer? E que fiz eu senão desprendimento? E que fiz eu senão confiar? E que fiz eu senão amar?

E hoje estou de volta a casa, preparada para começar uma nova semana e zelando pela ligeireza da bagagem....

Hoje, Jesus também me diz a mim, e cada um de nós:

"Bom dia Meu Filho, Minha Filha!
Quando nasceste não trazias nada contigo. Foi uma forma de Eu te dizer que valias mais que tudo. Quando partires terás que largar tudo. É uma forma de Eu te dizer que tudo o que possuas não vale nada comparado contigo.
Por isso, enquanto peregrinares nesta terra, não te prendas a nada. Usa todas as coisas na medida em que te ajudarem na caminhada. Quando algo te pesar, olha bem a ver se não te agarraste tempo demais.
Lembra-te sempre que estás aqui de passagem. Põe os olhos no horizonte. Zela pela ligeireza da tua bagagem. Um dia ser-te-á pedido que largues a tua própria vida para poderes chegar ao pé de Mim. É bom que vás preparando a tua chegada.
Um abraço deste Pai que te ama"
João Delicado sj

Obrigada Pai, desta Filha que também tanto Te Ama! Obrigada pela semana que acabou ontem, obrigada pela catequese, obrigada pela noite de oração, obrigada pelos amigos, obrigada pelo acordar, obrigada pela viagem, obrigada pelo retiro, obrigada pelos adolescentes, obrigada pela partilha, obrigada pelos sorrisos, obrigada pela amizade, obrigada pelas irmãs, obrigada pelo comboio, obrigada pelas confidências, obrigada pela luz, obrigada pelos conselhos, obrigada pelo metro, obrigada pela avó, obrigada pelo avô, obrigada pelo tio, obrigada pela senhora, obrigada pela tia, obrigada pelas histórias, obrigada pelas gargalhadas, obrigada pelas primas, obrigada pela avó, obrigada pelo quente, obrigada pela chuva, obrigada pelo sol, obrigada pelo temor, obrigada pela confiança, obrigada pelas surpresas, obrigada pelo almoço, obrigada pelas lágrimas, obrigada pelas aprendizagens, obrigada pela mãe, obrigada pelo pai, obrigada pelo irmão, obrigada pela irmã, obrigada pelas ordenações, obrigada pela estrada, obrigada pelos encontros, obrigada pelo abraço, obrigada pelo reencontro, obrigada pelo pastel, obrigada pela viagem, obrigada pelo jantar, obrigada pelas compras, obrigada pelo amor, obrigada pela casa, obrigada pela chegada...
Obrigada por MIM, obrigada por seres Meu Pai :)

("Obrigada!" - exclamação que exprime agradecimento por algo dado/feito por AMOR)

9 comentários:

Anônimo disse...

É muito belo iniciar o Advento a agradecer.
Que a nossa vida possa ser um hino de louvor a Jesus que vem acampar no meio de nós.
Com amizade
Ana Cristina

Caixinha mágica disse...

Qualquer dia ainda acabo por compreender os "obrigados".. grrr.. :D
Passei só para dizer que me sinto muito feliz por ter estado contigo hoje.. quem me dera que o mundo parasse umas horinhas.. duas ou três bastava para hoje..
Um grande beijo!
fml

Marco disse...

A mim restame agradecer por esta faringite que me pôs em casa de quarentena e enfim ..... o problema é que eu agora sei....sei o porquê da minha Avo me dizer tantas e tantas vezes "estás bem agasalhado, ...Esto sim avó" (não me preocupando mais com isso agora tenho uma faringite que me obrigou a ficar em casa de quarentena.......OBRGADA FARINGITE.

Sónia pddm disse...

Usar a palavra "Obrigada" exprime a nossa gratidão e alegria pelo bem que recebemos. E há tantos motivos para agradecer a Deus. Mas às vezes parece que custa, que custa começar... penso que é este o problema: começar. Depois é mais fácil. Eu também quero agradecer a Deus, quero dizer-lhe obrigado pelas nossas vidas se terem cruzado.

Sónia pddm disse...

Usar a palavra "Obrigada" exprime a nossa gratidão e alegria pelo bem que recebemos. E há tantos motivos para agradecer a Deus. Mas às vezes parece que custa, que custa começar... penso que é este o problema: começar. Depois é mais fácil. Eu também quero agradecer a Deus, quero dizer-lhe obrigado pelas nossas vidas se terem cruzado.

Ritinh@ disse...

Ir. Cristina...

Há tanto para agradecer..
é tão bom fazê-lo com a vida, desde o amanhecer ao entardecer, desde o simples respirar, ao gesto amigo!

Ritinh@ disse...

Querido fml (caixinha mágica) *

Não vale a pena compreender... ninguém disse que era preciso compreendermos!
Vamos ter o mesmo olhar de Alberto
Caeiro, do Guardador de Rebanhos...
que acredita na eterna novidade das coisas, e que não se preocupa em compreender...

Foi um momento muito feliz para mim, aquele em que nos vimos..em que estivemos, mesmo que por breves instantes! Porque não é o tempo, mas a intensidade dos momentos, que interessa!
O mundo não precisa de parar... vamos parar nós?
Vá lá!
Só um pouquinho :)

Beijinho*

Ritinh@ disse...

Eheh Marco!
Felizmente já estás bom de sáude!

Beijinho*

Ritinh@ disse...

Olá Ir. Sónia!

Eu também quero agradecer...
Sei bem que não foi por acaso, que não é por acaso!

E é sempre bom começar, mesmo que nem sempre seja fácil... depois compensa!

Beijinho
Com amizade
Ana Rita