sexta-feira, 5 de março de 2010

O caminho...

Todos os dias são bons, porque todos os dias são oferecidos...
Mas hoje foi um dia especial..

Hoje foi um dia de paragem, mesmo que entre tantas corridas...
Hoje foi um dia de (re)pensar tantas e tantas coisas...

Porque hoje só tive aulas de manhã... consegui subornar a turma e os professores, e ficámos com tarde livre :)
Mas eu nem sabia muito bem a razão pela qual precisava de ter a tarde livre..

O que é certo é que fui para a Biblioteca Municipal com um propósito, que não chegou a concretizar-se...

Foi uma tarde louca..
Sete telefonemas, umas dez mensagens, e duas pessoas tão especiais com quem me cruzei, e com quem não falava há tanto tanto tempo...
E como soube bem! Os anos passam, as pessoas mudam, mas fica sempre algo que as une, e hoje ambas me perguntaram para que faculdade queria ir, o que queria ser... E surpreendidas com a minha (não) resposta, foram tão sinceras e profundas.. Tocaram-me mesmo todas as palavras que disseram, todos os conselhos que me deram... Às vezes, os outros ajudam-nos a perceber como somos, e de que forma os ajudamos, e podemos ajudar... No fundo, com os outros, percebemos mais facilmente o nosso lugar no mundo...

Cada uma ao seu jeito, e sem se conhecerem, tocaram nos pontos essenciais. E hoje, cada uma de nós ocupou de forma inesperada um tempo que já estava definido na agenda...

E no final, fica um sorriso de gratidão...

E a enorme responsabilidade de acertar com o caminho...

6 comentários:

ms disse...

Qual será o melhor caminho? Essa será uma questão que farás toda a vida, pelos mais variados motivos. Mais do que isso… é uma questão que, arrisco a dizer, toda a gente faz! Especialmente na fase em que te encontras.

Há uns anos atrás, encontrava-me na mesma situação, com as mesmas dúvidas… e sem respostas. Escolhi um caminho. Acertei? Durante alguns anos achei que não. Mas por falta de coragem, ou por, lá no meu íntimo, achar que não haveria outro caminho a seguir, continuei a caminhar… a ultrapassar todos os obstáculos com que me deparava. Fiz bem em não desistir? Depende da perspectiva. Cheguei ao fim, orgulho-me disso, e estou feliz com o que encontrei. Se tivesse escolhido outro caminho… ou se tivesse mudado de ideias e voltado para trás, as coisas seriam diferentes… mas seriam melhores? Não sei, talvez. Talvez os obstáculos que tive de ultrapassar fossem outros, mais agradáveis… talvez tivesse sido mais feliz enquanto percorri o caminho, outro caminho. Seria tão feliz como agora… depois do caminho concluído? Também não sei. Nunca saberemos.

E o que será mais importante… o caminho, ou onde o caminho nos leva? Acho que não há uma resposta concreta. Temos que tentar ser felizes todos os dias… em cada passo (a resposta seria “o caminho”). Mas infelizmente nem sempre tudo é perfeito… por vezes temos que remar contra a maré. Também se fosse tudo fácil… não daríamos valor àquilo que conquistamos (a resposta seria “onde o caminho nos leva”).

Em vez de te ajudar a responder às tuas questões… ainda levantei mais algumas. Desculpa.

O que te queria dizer é: cada passo que dás, tem que ser a pensar em uma de duas coisas. Ou é esse passo que te faz feliz ou é no fim de vários passos…no fim do caminho, que vais encontrar aquilo que desejas. E pensa… se quando achares que já chegaste ao fim do caminho, ainda não encontraste aquilo que pretendias, talvez tenhas apenas que dar mais uns passos nessa direcção. Ou então… não escolheste o caminho certo. Não faz mal. Decerto que aprendeste muita coisa enquanto o percorrias. Estás sempre a tempo de mudar. E não faz mal. Não sintas o peso da responsabilidade de” acertar com o caminho”.

Estarei sempre aqui... em cada passo!
Boa sorte.

Anônimo disse...

O caminho faz-se caminhando...
É preciso coragem para avançar.
Nos caminhos da vida é imperioso deixarmo-nos guiar por Jesus Cristo que é o caminho, a verdade e a vida...
Com Ele não há perigo de errarmos o caminho.
Se o AMOR te chamar, segue-O!
Com amizade
Ir. Ana Cristina

**Diana =) disse...

Olá Rita Libório! Já soube que tiveste com a Inês...
Olha eu não consigo enviar as fotos para a Irmã Cristina, posso tentar amanha na escola ou na Biblioteca Municipal, mas duvido.
De qualquer maneira podiamos gravar num cd para dar à Irmã, e para nós também. Juntamos as nossas fotos e gravamos. Quarta Feira tás na BM às 14h?
Eu levava as fotos numa pen...
Qué que dizes pah?
Ups...fui bruta
Oh Rita Libório eu gosto de ti!
E não me importo que estejas atravessada no meu caminho...(:

PS: olha o Miguel deu-me 3€ da viagem para a Benedita e eu aceitei...temos de fazer contas.
xD

Ritinh@ disse...

Oi Dianaaaa :)
Eheh, até tens direito a resposta na hora!

Sim, ainda me fartei de rir com a Inês.. e depois a tarde correu logo melhor! Eramos para almoçar juntas, mas faltavas tu, pah!

Quarta-feira lá estarei na BM às 14h... (boa desculpa que arranjaste para estares comigo! xD)

Vá, beijinho... tenho de ir trabalhar, que não tenho feito nada de nada!

Não precisavas de dizer em público que gostas de mim! Não te ensinei que há coisas que só se dizem em privado? :P

ms disse...

Quer dizer que é preciso dizer: "Oh Rita Libório eu gosto de ti!" para se merecer resposta?! Pensei que isso era algo implícito...nem é preciso dizer! LOL! Estou a brincar ctg... n é preciso responderes!
Um beijinho para a Diana. Não sei quem é, mas se gosta de ti, é boa pessoa garantidamente!
Abraço

dream* disse...

Ehehe eu também gosto muito de tiiiii! :D
Vai dando notícias, menina, que isto de só falar contigo tipo de ano a ano... xD