segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

A grandiosidade do Amor de Deus


Como todos nós podemos constatar é na nossa fraqueza que se revela a grandiosidade do Amor de Deus... Quando o mundo que nos rodeia parece querer ruir sobre nós, eis que Ele surge e nos dá a mão. Muito embora saibamos que caminha lado a lado connosco em cada dia da nossa existência, é quando estamos fragilizados que mais facilmente nos apercebemos da Sua presença... Da Sua Mão que nos segura fortemente e nos conduz, do Seu abraço forte que nos envolve de forma ternurenta e nos acolhe no seu regaço de Pai... saibamos ser pequenos e reconhecidos pelo Seu amor...

6 comentários:

Anônimo disse...

Falas com razão e em tudo concordo contigo!

Mas posso desabafar contigo que (falo por mim) é nos momentos mais complicados que sinto a falta d´Ele. Sei que estou errado, sei que Ele está connosco nas boas e más alturas. Mas devo as minhas tristezas ao meu afastamento para com Jesus e não ao afastamento d´Ele para comigo.

Sempre que estou triste não O consigo sentir comigo....um dos grandes obstáculos que tenho que vencer...

Fica Bem Rita!

Ritinh@ disse...

Querido Francisco!

Ele não se afasta, NUNCA!
Nós é que por vezes andamos mais distantes...
Nada nos separará do Amor de Deus...

Beijo!

Anônimo disse...

Desculpa...o meu nome não é Francisco! Deves-te ter enganado! O meu nome é João e não nos conhecemos...Achei o teu blog na net, achei interessado e comentei!

Ritinh@ disse...

Olá João!
Peço desculpa.. agradeço o facto de teres emendado :)

Obrigada também pela tua partilha!

Volta sempre!

Marco disse...

O pote de barro, é um objecto com semelhanças em muitas pessoas, quando o pote se parte, se não existir ninguem que ajude a construilo, essa pessoa nunca será nada,logo nunca será um pote de novo.....(o texto a mim não me deu como comentar)(pois tocou-me tão ou mais que todos os que já escreveste e ás de continuar a escrever.......) ........amanhã lá estaremos.....a ver a entrega do canudo....

Ritinh@ disse...

Olá Marco!
Sabes o cântico: "Eu quero ser Senhor amado, como o barro nas mãos do oleiro.." :)

Sim, amanhã lá estaremos!
Cheguei agora a casa, da ctequese do 10º ano... queria ver se preparava algo para lhes entregarmos amanhã...
ainda hoje te digo algo!

Beijinho