domingo, 6 de setembro de 2009

PARTE IV - Medjugorje, Veneza e Pádua


Ansiava conhecer Medjugorje, o pequeno povoado situado entre colinas (daí o seu nome Medjugorje significa 'entre colinas') onde a Virgem Maria como Rainha da Paz vem aparecendo diariamente desde 1981. O clima é de muita paz, oração, silêncio. Pudemos, então, já naquele primeiro dia, acompanhar o programa de oração de Medjugorje. Pelas 17h inicia-se o Rosário, em seguida a Santa Missa (18h). Após a Santa Missa, ajoelhados, todo o povo reza a oração dos sete Pai Nosso, sete Ave Maria e sete Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Esta oração repetida sete vezes já era uma tradição de Medjugorje há muitos anos antes de se iniciarem as aparições. Na noite deste dia fomos rezar o terço à Colina das Aparições onde Nossa Senhora apareceu pela primeira vez, e ainda fui surpreendida pelo Cristo Ressuscitado (Cristo de Medjugorje) uma imagem de Cristo com quase 5 metros de altura da qual milagrosamente verte água sem cessar de seu joelho direito. No dia seguinte partimos a pé rumo ao Monte Krizevac ou Morro da Cruz. Sobre ele está erguida a Cruz que lá do alto vigia sobre a Paróquia como importante sinal que influencia a vida de milhões de peregrinos que fizeram a difícil subida até o topo do Krizevac.
Cada um fez a sua própria subida, mas compartilhávamos o mesmo desejo - alcançar o topo, onde Deus nos aguardava com boas vindas de amor para preencher cada coração de alegria.
Querida Ljilja i Nono Jozo Jerkovic, vocês foram um verdadeiro exemplo de hospitalidade!
Agradeço-vos tudo... Um grande abraço igual "aquele"!

Krizevac é a nossa peregrinação, a nossa vida!

Para finalizar a nossa peregrinação passámos por Veneza e Pádua.

Em Veneza destaca-se a imponente Basílica de São Marcos, a famosa ponte do Rialto sobre o Grande Canal, que nós percorremos de barco, e a Ponte dos Suspiros.
Em Pádua, a cidade onde Santo António viveu, destaca-se a Igreja do Santo, o centro religioso e artístico mais importante de Pádua.

22 comentários:

puga assis disse...

Minha querida:
É um privilégio ser o primeiro a comentar a tua primeira grande vigem.
A primeira coisa que tenho a dizer-te é que a mereces-te plenamente.
Não conheço quem tenha a tua indomável vontade de conhecer, a tua curiosidade, o teu olhar, a tua sensibilidade. São dons que Deus colocou em ti. A verdade é que eu também não conheço quem, como tu, assim os faça render….
Aqui deixo um grande abraço de parabéns pela beleza dos teus comentários e fotografias e outro para os teus pais que te proporcionaram a viagem.

dream* disse...

Já cheguei a rezar essa oração dos 7 pai-nossos, 7 avé-marias e 7 glórias... E tenho um pedacinho de pano que, se não me engano, tem dessa água q jorra do joelho do Cristo... Tenho-o ali guardado... :)

Marco Jacinto disse...

Enapá essas fotografias são dom de um fotografo profissional gosto delas retratam algo que nunca tinha visto, (nem nos filmes).......Bjs continua assim a evoluir como a vida que Deus nos deu.

Anônimo disse...

Onde deus te levar... monte das dores aquele que subimos... como foi dificil nessa manha levantar cedo para uma longa caminhada... ali pela 1ªves em depois de alguns dias uma verdadeira cama uma tentaçao que pedia para ficar no aconchego das mantas... mas no outro um palpitar para nao faltar a mais um caminho... e foi com dificuldade que la eu e o meu parceiro (grande rui) nos levantamos começou a caminhada e logo vimos que nao ia ser facil... mas tambem se tudo fosse facil na vida nao nasciamos a chorar lol... começamos a subir e vemos pessoas com uma fe inabalavel que subia aqueles pedregulhos descalças... se a nos ja nos doia que estavamos calçados imaginei aquelas pessoas... xegada au cume senti uma paz... o momento de silencio na companhia de deus ... sim porque ele la estava o espirito santo como uma brisa resfrescante...a mesma brisa que pairava sobre as aguas no tempo dos nossos irmaos apostolos...para acabar em belesa uma missa participada com tal energia que nem parecia que tinham tido tal caminhada era o animo de deus nos nossos coraçoes...a despedida tao intença pois o acolhimento foi excelente... sentimunos pequeninos...
rita companheira de viagem 5***** continua com essa fe aki o irmao de viagem se despede com sauds

lino

Marco disse...

Comtinuo a vir ao teu blog e a gostar cada vez mais de Veneza.............(viagem de sonho).............

Alexandre disse...

Veneza!!! Fantástico! Fotografias líndissimas!

Ritinh@ disse...

Meu querido "puga assis" :D
È um privilégio receber um comentário teu, e seres o primeiro!

Ai que responsabilidade que me dás!!
Aquilo que mais anseio é colocar mesmo a render todos os dons que Deus me deu, porém nem sempre é fácil... vou fazendo por isso! E tentando melhorar imensas coisas que não estão bem, e que me fazem continuamente errar... Mas a vida é mesmo assim, aprendemos com os nossos erros, e se cairmos, lá teremos que nos levantar...
Mas como não caminhamos sozinhos, há sempre uma mão a auxiliar :P

Obrigada por tudo, os meus pais também te agradecem!
Hoje não deu para nos encontrarnos em Lisboa, tivemos pena, mas quem saabe numa próxima!
Tenho muitas fotografias para te mostrar, e muitas histórias para contar!

Beijinho grande
Ana Rita

Ritinh@ disse...

Boa, querida Dream!
Eu cá desconhecia a oração, e o Cristo que jorra água do joelho...achei impressionante! Vi com os meus próprios olhos, toquei com as minhas próprias mãos!!

Beijinhooo

Ritinh@ disse...

Obrigada Marco, pelo elogio... mas as fotos não estão nada de especial.. essas que estão no blog nem tive tempo de trabalhar em nenhum programa!
As que te hei-de mostrar rstão muito mais bonitas!

Beijinho

Ritinh@ disse...

Lino, agradeço-te muito o teu testemunho... pode ser tambem importante para quem passar por aqui às vezes, e lê os comentáriios!
Mesmo sem sabermos as nossas palavras podem tocar nos outros, marcá-los, e fazer com que algo mude nas suas vidas!
E isto é um bom começo :D

Sim, a mim pessoalmente custou-me imenso levantar nessa manhã!
Já andava com o cansaço acumulado, na noite do dia anterior tinha dormido 2 horas (a noite do barco!), e na noite anterior à subida do monte, tinha ido ao monte das aparições com vocês, mas depois ainda fui ao santuário! Como tal, dormi pouquissimas horas e estava de rastos! Nem sequer saboreei a única noite que tivemos numa cama! Custou mesmo levantar as antes das 5h da manhã!
Mas foi a prova de muitas vezes aquilo que mais nos custa, é o que melhor nos sabe também! Foi uma dádiva enorme ter chegado ao cimo, e ter tocado no Céu!

Sim, nascemos a chorar! LOL* POr essa lógica, espero morrer a SORRIR! :)

Custou-me muito mais descer... muito mais! Enquanto descia, observava que subia, e por diversas vezes custou-me.... pessoas descalças, pessoas cansadas, mas crentes de que haviam de chegar lá a cima!

E vale a pena! Não há melhor presente quando chegamos lá a cima, do que o SIMPLES facto de estarmos lá em cima!

Ah, e a missa! Ainda bem que lembras... Mais uma dádiva!
Sabes, a despedida custou-me, não consegui conter umas lágrimas! Eles foram um verdadeiro exemplo de hospitalidade, eles abriram mão da sua própria vida para nos acolher, eles foram incansáveis! Eu gosto tanto deles!!!

Obrigada lindo, tambem és um optimo companheiro de caminhada, e de carrinha :D

Beijinho!!

Ritinh@ disse...

Marco, Veneza é lindo!
Espero que um dias tenhas oportunidade de lá passar!

Ritinh@ disse...

Alexandre!
Concordo contigo!
Veneza é lindoooooo!!

Anônimo disse...

Oi Rita linda, ... o que me vais ensinando é realmente fantástico..
O que o Lino comentou, não precisa de mais nenhuma vírgula.. obrigado, grande Lino!
Tocou-me o ver tantos padres a confessarem ali na rua, e tanta gente na fila.. e depois aquele tempo à noite no santuário... tudo o mais me passou ao lado, chorei de tristeza a Missa inteira,...
... e o melhor desta parte, a que mais valeu a pena, foi o "cabaz de pêssegos" que me deste no dia seguinte.
Veneza é bonito, ainda bem que andámos de barco,.. Pádua também é bonito e também já conhecia...
Um dia gostaria de voltar com mais tempo e mais calma a Medjugorje, ficar novamente na casa daquela família que nos acolheu como se fôssemos da sua própria família, e subir tudo de novo, e rezar tudo de novo, e sentir tudo de novo, (mas de maneira diferente)... e conhecer mais locais ligados às aparições... e participar em mais momentos que desta vez não pudemos por falta de tempo...
E, se a Senhora da Paz nos voltar a convidar e nós aceitarmos o convite, certamente voltaremos lá! Eu tenho vindo a aprender que não adianta preocupar-me com estas coisas, porque quando Deus quer, Ele arranja maneira de nos levar aonde quer..
Ainda não consegui entender o que Nossa Senhora me quis ensinar, e tenho medo de saber em que A entristeci..
Tenho tanto Krizvac para subir!
Mas com Amigos e companheiros como tu, a Sofia, o Rui, o Lino, o Sandro,.. e todos os outros... sempre com o nosso Pe. Paulo,.. hei-de ser capaz de seguir em frente. Obrigada.
Ainda não falei das fotos, estas e as outras. Estão todas o máximo. (Que pena tenho de não ter estado na do pijama..)Tens que me mostrar o livro que andavas a ler e do qual tantos falam,tá?
abç quentinho, Luz

Ritinh@ disse...

Querida Luz!
Eu, ensinar-te?! Ahah...
Tu é que me ensinaste tanta coisa!!

Ah, o lino é grande não é? :)

Queria tanto ter-me confessado em Medjugorje..! o nosso tempo à noite no santuário foi muito bom! Eu sentia uma vontade imensa de lá ir! E fiquei tão feliz quando vocês vieram..
Caso contrário não teria ido sozinha.. era longe... e escuro!

Houve obstáculos, lágrimas e momentos em que tudo parecia desmoronar-se... mas há sempre "pêssegos" a dar cor a esta caminhada! tu entendes...
É assim que crescemos, Deus também nos testa através do olhar com que encaramos as adversidades!
E se tu soubesses como sorriam as pessoas, que me viam a descer o monte Crizvac, com o pêssego na mão!!!
Só o comi quando cheguei cá abaixo! E tanto que me apetecia!!

Também quero ficar novamente na casa daquela família!
Gostei tanto tanto deles...

"Quando Deus quer, Ele arranja maneira de nos levar aonde quer..."
Obrigada!
Sabes, no meu livrinho tenho algumas citações tuas.. coisas que foste dizendo ao longo da peregrinação e que ressoaram cá dentro!

Todos temos tanto Krizvac para subir... e sempre teremos!!
Companheiras?! Sempre!!!

Não podemos estar em todo o lado, não é querida luz? Haverá nova saída à rua de pijama, um dia destes! eheh

Em relação ao livro!!! Gosto tanto dele! Esta semana ainda, passo em tua casa, para to emprestar!
Beijinho grande!!!
Ana Rita

dream* disse...

O Cristo que jorra água do joelho vi filmado de pessoas que lá foram... E sabes que mais? Ao aproximar-se a câmera sabes o que se vê no joelho? O rosto de Cristo.

Ritinh@ disse...

Ah Dream :D
Não reparei no rosto :S
Gostava de ver o filme...
Que pessoas é que foram lá?

Beijinho!

dream* disse...

Umas pessoas q eu conheço... mas agora nunca mais falei com elas... Um dia conto-t essa história... xD

Ritinh@ disse...

está prometido, dream :D

Luz disse...

Eu confessei-me em Medjugorje, e foi aí que começou a choradeira... só lá em cima foi mais de um maço de lenços á lágrima..
Estava triste e com medo de ter sido brusca e agressiva com a chamada de atenção que tinha feito ao nosso Amigo Prior, e desde a noite anterior na oração do monte que o meu lado escuro não parava de me atasanar a cabeça: que é que faço aqui? quero ir-me embora.. não estou aqui a fazer nada... isto não me diz coisa nenhuma.. tirem-me daqui, quero ir embora... só estás aqui pelo passeio, tudo o resto é fantochada..
Tinha mesmo que me confessar! E reclamar, porque afinal eu tinha ido até ali com tanta esperança de me encontrar e me reforçar, tanto à procura de equilíbrio e paz interior, e afinal... tudo ao contrário, uma tempestade enorme com trovoada, chuva e tudo..
Por isso digo que ainda não entendi a lição que a Mãe do Céu me quis dar, mas como ando a aprender o dom da paciência, entre outros milhentos, vou esperar...

E viva Leiria, o Lino é grande e lindo.. e estamos todos em fase de crescimento interior, uns na primária outros mais á frente.. eu sinto-me no bê á bá...

Desconhecia por completo o Cristo do Santuário, onde fomos à noite. Só soube da "história" pelo caminho, o que a Susana me foi contando.Que bom termos ido até lá, foi dos momentos que mais gostei.

Boa, trataste-me por tu, Rita! - continua, tá?

Ainda me hás-de dizer que coisas
fui dizendo.. foi mesmo sem dar por isso, não me lembro de nada.. mas é sempre bom saber que conseguimos tocar alguém pela positiva.. Obrigado Jesus!

Mas tu ensinas-me tanto, a sério,..! Sinto pena de não ter dado atenção mais cedo às coisas do Céu, de ter andado tão afastada do que é verdade, bom, sentido e com sentido.
Tu ensinas-me a alegria e a fé, o recolhimento, a simplicidade, o coração grande e lindo, .. a espiritualidade fresca como manhã de primavera, mas com raízes fortes que seguram sem prender..
Já tinha ouvido falar de ti mas não te conhecia. Entraste no meu coração desde a primeira vez que te sentaste na Margarida e cantaste durante o caminho. E em Assis fiquei com a certeza que és uma menina linda "que cresce em sabedoria e graça". É uma felicidade grande conhecer-te.

E que Deus abençoe os teus pais pela família que fazem e ensinam.

Quando vires a Sofia dá-lhe um grande beijinho meu, que não tenho o mail dela.

Já passaram as fotografias todas, tu e a Daniela? Quantas são? Eu como não tenho nenhumas, conto com as vossas... posso?

Grande abraço a todos os amigos peregrinos que visitam o teu blog, grande abraço Sandro, Lino, Rui, Sofiinha, Daniela, Susana, Samuel, Samu, TF, Rafa, Nuno, Nini, Nancy, Ana, Ângela, Tiago, Joaninha, Sónia, Daia, Susana, Teresa, Cláudio, Prior.... tooodos.

Para ti, bjns e sorrisos,
Luz

Ritinh@ disse...

Querida Luz :)
Eu sei, também era para me ter confessado no cimo do Monte Krizvac... tenho pena de não o ter feito, mas por outro lado foi importante para mim voltar mais uma vez ao santuário, e olhar uma última (ou não!) vez tudo..

Lembro-me tão bem de tudo....
Como te disse, doeu-me o coração ao fazeres essa chamada de atenção, e doía-me sempre que alguém se "zangava", ou "entristecia"...

Mas tu não podias ir embora, Luz! Fez todo o sentido tu teres vindo connosco.. Deus não joga aos dados com a nossa vida! Cada um de nós estava ali por Ele o quis.. fomos todos convidados! Fomos aqueles que aceitámos!
E quem sabe, surgirão convites ainda mais aliciantes e exigentes?

OLha, eu fui nesta viagem com as expectativas um pouco nulas, e por isso fui continuamente surpreendida.. todos os dias!!!
Apenas confiei...
Quando confiamos TUDO, as alegrias, os sofrimentos, a Mºãe do Céu acolhe e dá-nos a fortaleza necessária para caminharmos... mesmo que por cima da trovoada e da chuva!

UPS!!! Tratei-te por tu!!!!! Desculpa, desculpa! eheh
Vamos ver...

Sim, eu vou dizer-te essas coisas, lembra-me! porque eu apontei...

Oh Luz... não provoques esta lágrima.. pronto já está!
Só peço a Deus a Graça de ser isso que dizes, que é essa a Vontade d'Ele.. que sejamos todos rostos d'Ele, espelhos do Seu Amor!

Sou muito pequenina e também tenho muitos defeitos.. e é nesta fragilidade que mais O encontro, como fortaleza em mim!

Já tinhas ouvido falar de mim?!
Deves ter percebido que eu e o cantar, o cantar e eu, nos entendemos muito bem (apesar de cantar mal)... Cantar é rezar duas vezes!
Gostei tanto de ir na Margariga... fooi pouco mas bom!!!
Ah, e a Virtude também é linda!
Devias ter ido lá uns tempinhos!

Em Assis, era mesmo eu lá estava... plenamente FELIZ!

Eu tenho mais de 6000 fotos (minhas, da Sofia, do Lino, da Joana, do Nuno, da Ângela, e do Tiago, ou seja do pessoal da virtude!)..
Seleccionei cerca de 700, mas ainda não acabei o processo, logo que esteja "finito", gravo-te um CD, recheio-o com beijinhos e entrego-te! :)

Beijinho e sorrisos, e abraços
e SÊ FELIZ querida LUZ, na LUZ!

Anônimo disse...

Parabéns Ritinha!

Só te conheço por ouvir o Lino falar de ti.
E agora depois de ler os teus lindos comentários, percebo a maneira espectaular como ele o faz.
Também foi para mim um dos lugares que disse muito "Assis" logo a seguir à Terra Santa, Roma, Pádua, Veneza mais turistica mas linda.
Obrigada por me fazeres voltar a estes lugares através do teu blog.

Como diz o teu amigo continua a por os dons que Deus te deu a render...

Parabéns.

Ana Matos

Ritinh@ disse...

Querida Ana Matos!
Bem-vinda a este cantinho na blogosfera :)

Em primeiro lugar, felicito-a pelo facto de ter deixado umas palavrinhas... muitas vezes passamos pelos blogs, e não dizemos nada (e eu falo por mim!)... e fico muito feliz por ter passado por aqui, e ter comentado!

Então o querido Lino falou de mim?!
Ainda hoje, para surpresa minha estive com ele!!!

Ainda não fui à Terra Santa, mas Assis, ASSIS! Como gostei de Assis, da espiritualidade que lá se vive!!

É mesmo para isso que Deus nos concede os Dons não é? Para os colocarmos a render..! Só assim eles fazem algum sentido.. quando estão ao serviço dos outros!

Espero que passe aqui mais vezes, e que contribua para a existência dele cantinho, deixando uma partilha :)

Beijinhos,
Ana Rita