quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Cegueira?!

SUGESTAO: PASSA COM O CURSOR, CLICANDO COM O RATO, POR CIMA DO "VAZIO", E IRAS VER PARA ALEM DO ALCANCE...

Com Paulo para um pouco!

Foi nos dias 26, 27 e 28 que um grupo de jovens da catequese, que se “prepara” para fazer o Crisma, aceitou o convite ousado de PARAR!

Aceitou um tempo de convívio, de paragem e de Encontro com Deus. Sim! De Encontro com Deus, pois se nos encontrarmos com Deus, tudo o resto esta assegurado!

A prioridade seria estar com Jesus, experimentar Jesus, parar um pouco nesta vida em que corremos desenfreadamente… Há muitas formas de parar, algumas são drásticas, tal como a de S.Paulo (se ficarmos cegos somos obrigados a parar). Mas, foi-nos proposto que parássemos por opção própria naquele fim-de-semana.

“Vinde comigo para um lugar deserto e descansai um pouco”
O Senhor fala-nos pessoalmente, interpela-nos, desafia-nos, tem um segredo para a vida de cada um. Temos de aprender a escutá-Lo, a deixar que a Palavra entre/ressoe/ecoe! Como e maravilhoso reconhecer os sinais da Presença do Senhor… Ele fala-nos através de pequenos sinais, cabe-nos a nos, VER, INTERPRETAR e RESPONDER! Tal como S.Paulo, deixar-se encontrar!

Nos, jovens que estivemos no retiro, andávamos a procura de Deus… Há tanto tempo que ele nos procura! Para Ele não somos “mais um”! O Senhor projectou a nossa vida. Mais importante do que encontrarmos o Senhor, e deixarmo-nos encontrar por Ele! E como tal, naqueles 3 dias atrevemo-nos a deixar-nos encontrar por Ele, a parar um momento, a questionar-nos onde estamos, se o Senhor vier ao nosso Encontro onde nos encontra, com que medos e duvidas? Que expectativas e motivações temos para o futuro?

“Tenho-te gravado na palma da mão… Para um momento junto a Mim. Com amor eterno junto a Mim. EU SOU O TEU DEUS. TENHO-TE GRAVADO NA PALMA DA MÃO. Não temas... Eu sou o teu Deus e Senhor. Tenho-te gravado na palma da mão…”
Antes de irmos para os quartos onde iríamos passar a noite (dormindo, claro!), batemos a porta da Casa d’Ele, acenamos, e entramos… para ficar!

Não arranjo palavras para “partilhar” o que de seguida aconteceu… Foi sem dúvida um momento de Eternidade, foi sem dúvida um momento fora do Tempo, foi sem dúvida muito mais do que um simples momento! Um Encontro real com Deus subentende mudanças e transformações profundas… “Segue-me” Com esta palavra, o Senhor chamou tantos… O Encontro com Deus e tremendo... porque ele muda-nos por dentro e por fora! Porque nessa altura, conseguimos entender de forma um pouco mais clara os sinais que antes não tínhamos compreendido o sentido… nessa altura as pecas encaixam umas nas outras, e parece surgir a urgência da Resposta! Senti-me inquieta, percebi que Ele já me tinha pedido para O Escutar antes, e que eu simplesmente tinha prosseguido caminho, achando que não era comigo… Que teria “tempo”! Mas ali, parei! Um Encontro com o Senhor muda tudo... e isso pode “transtornar” a nossa vida, os nossos projectos e sonhos! Por isso muitas vezes, preferimos não nos “envolvermos”… Deus marca a vida das pessoas que tem um encontro com Ele, para sempre! O Seu olhar interpela-nos profundamente… temos medo de responder? Sera que acolhemos a Vida que Jesus nos quer dar? A Graca e algo que nos e dado gratuitamente, pela Graca de Deus somos o que somos. A Vida com Cristo mostra-nos a diferenca entre Viver e Sobreviver! Eu quero Viver…

O Sabado comecou, e continuamos a percorrer a Estrada de Damasco, com S.Paulo! Confrontamo-nos com uma realidade tao densa de significado, que quanto mais nos aproximavamos, mais chegavamos a conclusao que faltava muito para la chegar! Busca Incessante…

Da parte da tarde conhecemos varias personagens a quem Jesus mudou completamente a vida, sendo elas, Maria Madalena, um cego, Zaqueu, a Samaritana, Joao, e S.Pedro! Todas elas tinham um ponto em comum, a iniciativa gratuita, amorosa, e livre de Cristo, que fez com que as suas vidas mudassem.

Tambem eu me questionei… Como e que Jesus vai mudando a minha vida? Em tantas pequenas coisas, em tantas pequenas decisoes! Vieram-me tantas coisas a memoria e ao coracao! A primeira foi o meu primeiro retiro com a Congregacao das Servas de Nossa Senhora de Fatima, na Quinta das Tilias.. Em Julho de 2007, na Exposicao do Santissimo ao Ar Livre! Um Encontro Face a Face… “Senhor, Senhor que queres que eu faca?” E tantas outras coisas que vi de forma mais nitida, desde a acontecimentos em Taize, a missa na Igreja de S.Mamede no retiro Intra e Ve, a conversas de autocarro, a palavras de amigos, a opcoes um pouco sem saber a razao, as motivacoes… Mas no fundo tudo tem um sentido.. uma razao de ser!

Antes do jantar, ainda vimos uma apresentacao em power point que me marcou bastante… Era um convite a que experimentassemos “ouvir”! Retirei algumas frases que mais me tocaram:

“Eu chamo. Eu chamo por vos. Bem sei que e uma ousadia da minha parte, talvez
vã e mesmo inoportuna, mas eu devo lancar a minha palavra como Jesus. E direi
mais: esta minha palavra e grave. Vir comigo comporta uma doaccao extremamente
preciosa, a doaccao pessoal de vos mesmos ao Senhor: ela comporta um sacrificio
sem reservas. Eu tenho que ser sincero: Esta minha palavra, que intenta
ser vocacao para vos, e algo invasor e exigente em relacao a vossa pessoa. Por
agora basta-me bradar: Há ai alguem que queira ouvir? No meio do grande barulho
das mil e uma vozes do nosso mundo, existe alguem que se de conta e ouca a minha
voz?”

Na Vida temos tres opcoes:
- Fugir/contornar as situacoes
- Ficarmos a observar com uma atitude de compaixao, mas cruzarmos os bracos.
- Comprometer-nos com a realidade e darmos a vida pela pessoas que necessitam.
Qual escolhes?

Estava chegar o fim do dia… já tinhamos jantado, e fomos convidados a subir ao sotao…
“Experimentamos” a cegueira de S.Paulo, em que estivemos vendados a reflectir sobre tantas vezes em que não vemos o que se passa mesmo ao nosso lado, tantas vezes em que fugimos do Verdadeiro Caminho… Depois de ter estado mais de uma hora “cega”, pedi a uma catequista para me ajudar a prosseguir caminho, a descer todas as escadas, e bati com a cabeca duas vezes (Que dor! Devia fazer parte do esquema! Ahah), entrei numa sala, onde estava o Pe.Filipe. Percebi imediatamente que era ele, pela voz… Depois do momento da reconciliacao, ele retirou-me a venda dos olhos, e estranhei a luz, mas rapidamente me adpatei! Mal esparava eu que os minutos seguintes seriao tao significativos! Conversamos… As palavras ainda ressoam, e para sempre ressoarao… porque foram palavras que poderao mudar tanto! Recordo-me que sai da sala, e disse: “Ena pa!”, e aguardei uns minutos antes de entrar na Capela (precisava de “apanhar ar”!), para me juntar ao resto do grupo!

Acho que fui apanhada “desprevenida” durante a conversa, fiquei sem resposta, e senti-me pequena e fragil. Afinal, sera que eu confiava na voz que ouvia bem ca dentro, ou ainda mais… sera que eu a escutava, ou pelo contrario contornava a questao? Sera que procurava interpreta-la? Sera que estava disposta a responder?
OK! Ali, tinha percebido que estava a “descoberto”!
Confesso que sai da sala um pouco inquieta, leve mas inquieta! Estranha a sensacao, Sim! Inquietude e leveza conferem um estado… estranho! Muito fica por dizer…

Antes de ir para o quarto, muito aconteceu… A ida a cozinha beber o cha, a conversa ao cimo das escadas, a confianca, partilha, e os conselhos!
Que dia… Obrigada Senhor!
Que noite… no Teu regaco!

Domingo, o dia do Senhor! O ultimo dia deste encontro!
Depois da Missa presidida pelo Bispo D.Anacleto, e do almoco, retomamos o momento “curiosidade”, em que fizemos perguntas aos animadores do encontro! Foi bom fazer as perguntas, foi melhor ouvir as respostas! Há sempre perguntas que ficam por fazer, outras respostas que ficam por esclarecer, mas ficou a promessa do dia 30 de Janeiro em S.Mamede!

Por fim, uma palavra de reconhecimento em primeiro lugar ao Padre Filipe que “conduziu” o nosso Encontro, a Irma Mafalda pelas suas palavras doceis e testemunho Cristao. E aos nosso catequistas, pessoas tao importantes que nos ajudam a trilhar este caminho… o caminho da Vida!

Ana Rita
29 de Dezembro de 2008

8 comentários:

Marina disse...

Ainda nao li mas deixa me so dizer-te que o efeito esta espectacular! =)

Beijinhos Ana Rita!
Voltarei para ler

Ritinh@ disse...

LOL
Marina..
Este texto esteve ate hoje, sem a "sugestao", e ainda ninguem tinha comentado!
Hoje, veio uma amiga ter comigo perguntar-me se o meu blog estava com problemas, porq nao conseguia ler um texto, aparecia vazio =D
eheh

Ou seja, o efeito que eu pretendia era que so os mais "interessados" e que falassem no assunto, ou tentassem "ver para alem"...

Mas, ninguem estava a "perceber", e optei por deixar sugestao!

Compreendo que nao tenhas lido..
e bastante grande.. mas nao consegui resumir mais,. e ainda tinha tanto para dizer!

Um grand beijjinho..aguardo a tua opiniao :D
Ate sexta, ou um dia destes!




!

Diana disse...

Estas novas tecnologias.... tava a fazer um comentário...e até tava inspirada e foi-se... nunca mais comento... quase meia hora. e isto é verdade... agora olha...(pois ja nao tas cega) paciencia... =/ nao tenho tempo...fica pa próxima... ou nao fica

Ritinh@ disse...

Oh diana :(
Queria tanto ter lido esse comentario!

Nao foi nada bom isso ter acontecido! Imagino como te deves ter sentido... Tambem ja me aconteceu..
mas de qualquer forma aguardo pela resposta!

Obrigada por teres marcado este Encontro!

Beijinho, ate breve

贵港热线休闲游戏中心 disse...

You these things, I have read twice, for me, this is a relatively rare phenomenon!
Personalized Signature:常州麻将,常州三打一,常州攻主,常州斗地主,常州4人升级

Diana disse...

Foi mesmo bom este fim-de-semana! Um dos muitos retiros em que participarei =)
E o primeiro…foi aquele tal… em que tantas vezes falas da Adoração ao Santíssimo ao Ar Livre..
Ai, ai!! Realmente, é mesmo fantástico saber que Ele vem ao nosso encontro a nós cabe-nos a «simples» missão de nos deixarmos encontrar! E tocá-Lo! Que experiência maravilhosa! Penso que nunca me tinha pensado que tal era possível.
E porque fomos? Fomos refrescar-nos em mais uma fonte, fonte esta que constituía o apelo a PARAR. O apelo a PARAR e o desafio da CEGUEIRA!
E tantas vezes andamos nós às cegas sem ansiar poder voltar a ver. Ali ansiávamos VER, e preparávamo-nos para o momento em que íamos VER, o momento em que nos íamos deixar encontrar.
E foi mágico, foi indescritível… esse momento… mas como não sabíamos muito bem o que nos esperava quando voltássemos a ver preferimos estar mais tempo cegas. Talvez se soubesse o que me esperava quisesse curar a cegueira mais cedo. Mas foi assim que ele destinou, ups… foi assim que eu quis!”,
E o que nos incentiva nesta caminhada é o facto de querermos conhecê-lo e saber mais acerca dele. O que nos incentiva é saber que todos os dias desvendaremos um bocadinho deste mistério que «um dia se fará LUZ».. pois «Um dia aquilo que conhecemos de Jesus Cristo será plenitude em nós».
Jesus propõe… Ele propõe-nos os meios para atingirmos o FIM… e porque é tão difícil essa escolha? Ele propõe-nos pessoas para nos ajudarem nesta caminhada… e porquê, muitas vezes rejeitamos muitas delas? Neste parâmetro não é necessário optar e aqui, por vezes, optamos. Basta ACOLHER.
Enfim… não podemos mudar o mundo… mas podemos torná-lo um pouco melhor. Somos um «grãozinho de uma praia maior»
Após este retiro, sonho por mais longínquos horizontes e foi-me reforçado o apelo a escalar cada vez mais altos montes. Convosco posso contar… agora mãos à obra É URGENTE ACTUAR.
E já sabes estou aberta a convites para fins de semana diferentes. O próximo era pó mês que vem =(…
Da outra vez não deu… espero que desta dê! Obrigado por tudo =)
PS- Porque escreveste 29 de Janeiro no fim… Tavas com pressa, como sempre... até lá “Tou stressada”. Essa foi demais! =)
Tenho a certeza que este ano saborearás melhor a vida =)))
Eh!Eh! Deu...(guardei primeiro no word)

Ritinh@ disse...

Querida Diana:

" Não sei...
se o teu tempo na vida vai ser suficiente
pra seres e fazer tudo o que desejas.
Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas,
se a nossa lembrança não despertar saudade
no coração dos nossos amigos,
se quando partimos, não deixamos
no outro a esperança da nossa volta.

Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que externiza a emoção,
olhar que acaricia,
amor que aquece e fortalece.

E isto não é nada do outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela não
seja nem curta, nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira,
enquanto durar...

Nada preenche o coração,
a não ser o Amor, a Amizade.

O agasalho aquece o corpo,
lindas roupas o embelezam.
Mas o que aquece a alma,
o que faz brilhar o olhar,
o que dá vontade de continuar
é o Amor...."

Só o Amor!
"Nada nos separara, nada nos separara, nada nos separara do Amor de Deus!"

Estavas comigo no retiro na Quinta das Tilias (Festa da Amizade!), e recordo isso com alegria...

Agradeco a tua partilha...
(Estou cheia de pressa! eheheh..
Na brincadeira... )

Um grande beijinho para ti, e nao desanimes: "Jovens, nao tenhais medo"!!!

Farming Net disse...

I will pass on your article introduced to my other friends, because really good!
Other Net