quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Pelo nome


Ana
Rita...


Ana
Ritaaaaaa...

E o eco das montanhas que formam o vale o repetiu por outras tantas vezes...

... o eco continuou num diapasão sem fim, a gritar o nome "Ana Rita".


"Ah! Sou a Ana Rita... Devem estar a chamar por
mim..."

Olho, e fico surpreendida! A companhia para o resto da longa estrada tinha acabado de chegar, e sorrir! Sorrir e surpreender de novo!
Existem dias em que a escuta do nosso nome soa diferente, sabe bem... Faz-nos recordar quem somos...