segunda-feira, 12 de novembro de 2007

"Fixe" espontâneo e lágrima acidental...


E tu lá estavas....


Força! Acho que consegui transmitir-te... Aquele meu "fixe" foi espontâneo, aquele meu sorriso ainda mais...e aquela lágrima foi acidental!

Sei que não sabes da existência do meu blog, mas é uma maneira de transmitir o que sinto! O quanto és importante para mim..a quanta falta sentimos, e o quanto me fizeste pensar e acreditar!


Estou feliz! Já estás em casa...sei que vais ficar boa! É uma questão de força, e gostaria que soubesses que estás no nosso coração...


Dedico-te este poema de Shopia de Mello Breyner


Escuto


Escuto mas não sei

Se o que oiço é silêncio

Ou Deus

Escuto sem saber se estou

[ouvindo

O ressoar das planícies do vazio

Ou a consciência atenta

Que nos confins do universo

Me decifra e fita

Apenas sei que caminho

[como quem

É olhado amado e conhecido

E por isso em cada gesto ponho

Solenidade e risco


Sophia de Mello Breyner Andressen,In Obra Poética, editorial Caminho


4 comentários:

Anônimo disse...

ola pelo que percebi a filipa ja está em casa bem!!! foi uma grande alegria saber isso;da-lhe os meus cumprimentos e um grande FORÇA! para não desanimar e que a vida ja lhe provou que tem pessoas que se preocupam com ela, e que há sempre rotundas na estrada da vida, nas quais podemos ser nós a virar ou alguém que nos apoia, e aí tudo fica com um novo sentido . muitos beijinhos para ti e para ela
Ass.: Raquel

Ritinh@ disse...

raquel..es uma grande amiga!

Obrigado por te preocupares, e por ires comentando os meus textos, e sempre bom, ver que ha alguem interessado no q escrevemos, da força para continuar!
Um grande bjo

Podes sempre contar comigo***

Adriana disse...

Muito bonito =)
És uma pessoa muito especial!

Bjo e vai dando notícias!
xD*

Anônimo disse...

mas q tipo de blog é este... ainda n pescei nada