terça-feira, 20 de maio de 2008

A capacidade de ver para além do sofrimento............


Ser feliz ou não ser feliz..................

A capacidade de percebermos o que é o sofrimento, porque razão a dor está ali.....porquê nós?
A maioria das pessoas centra-se na própria dor, no próprio sofrimento......como que parando o tempo...a própria vida.....

Hipoteca-se a felicidade....desperdiçamos a vida...............
Centrarmo-nos no próprio sofrimento é limitarmo-nos a uma reacção instintiva.....é reagir primáriamente.....é não crescer!!!!

O sofrimento existe, a dor é real......independentemente de ser maior ou menor.....ela está lá....sempre...a bater á porta......como as ondas do mar.....
E paramos ali a vida....não haverá mais amor, nem mais vida...............paramos a pensar no que perdemos ou que não vivemos....
A dor está lá....não a podemos iludir, não a podemos deitar fora....como um simples lixo!
O sofrimento....existe, é real!

Mas o sentido da vida, o sentido do próprio sofrimento....é percebermos o que é. Porque está lá? Porquê nós? Se percebermos o sentido da própria dor, em lugar de estarmos centrados apenas e só na própria dor, poderemos ter uma atitude diferente na nossa caminhada, e podemos mesmo ser felizes!!!
Se o sofrimento aparece nas nossas vidas....é porque temos que aprender algo! É porque havia uma lição importante para nós.....

Perceber o sentido e o significado da dor e do sofrimento não anula a dor, nem mesmo o sofrimento, mas faz-nos entender o porquê, faz-nos acreditar que esse sofrimento era necessário na nossa evolução espiritual.....

Não podemos viver sem a dor, nem mesmo sem obstáculos, mas podemos viver sem sofrimento.....e, acima de tudo, ser feliz, mesmo diante da dor e dos obstáculos que a vida nos coloca.....enfrentar a realidade, permanecendo na atitude certa para viver......e vivermos da melhor forma e intensamente a vida tão curta que nós temos!!!

E, sobretudo, não é possivel evoluirmos como seres humanos sem obstáculos e sem dor!

4 comentários:

Anônimo disse...

rita gosto tanto deste!!
fez-me lembrar a aula de moral
fgo está mesmo boom!!

gostei especialmente de como disseste isto (apesar de o fazeres com outras palavras):
a dor existe mas o sofrimento pode não existir...


obrigada por me ajudares a crescer!!

Anônimo disse...

Como alguém diz: "Crescer faz doer".A beleza das rosas também está nos espinhos que elas contêm. O sofrimento por vezes torna-nos mais compreensivos e tolerantes com os outros e faz-nos amadurecer.
Mas Deus criou-nos para percorrermos caminhos de amor e de felicidade. No caminho podem surgir obstáculosmas a meta é o AMOR.
Com amizade
Ir. Ana Cristina

Ricardo disse...

Concordo plenamente com o que dizes Rita.

é através da dor, que crescemos, pois sem más experiências não podemos sentir as boas e apreciar-las como são.

adriana disse...

Ainda um dia hei-de debater contigo este assunto.. xD
Pois.. e há quem diga que a felicidade não existe... mas esses.. esses são os que mais a procuram.. e procuram-na tanto que ela acaba poir passar ao lado e não dão por ela.. e depois, claro, dizem que não existe... mas se há pessoas que afirmam serem felizes, como é que alguém pode dizer que ela não existe? Felicidade permanente? ter tudo o que desejamos a todo o momento? Essa, claro, não existe.. mas isso não é felicidade.. é uma ilusão.. para haver felicidade tem de haver sofrimento.. Sim, o sofrimento faz sentido. è necessário para que posssamos ser felizes.. Felizes naqueles gestos em que recebemos tanto.. Felizes naqueles momentos bem passados com um grande amigo... Aqueles momentos únicos, que nos fazem crescer.. E tenho a certeza que entendes isto que eu estou a dizer.. E portanto não vou estar para aqui com mais "explicações"... As pessoas que dizem que a felicidade não existe desejam ardentemente por ela.. e no fundo o que têm é inveja dos outros.. xD
bem... n verão explico-t melhor o que quero dizer com isto!
e mais uma coisa.. nunca te deixes abalar por ninguém que te tente levra a baixo.. Porque tu és mais forte que qualquer outra coisa..
Beijocas grandes com muitas saudades!*